Do Puerto Madero ao Teatro Colón

Um outro roteiro de caminhada interessante pode começar no Puerto Madero. Não acho muito agradável passar muito tempo passeando pelo Puerto Madero em si – os edifícios são todos muito parecidos, no verão faz um calor daqueles e no inverno sopra um vento danado. Além disso, os restaurantes de lá mais prometem do que cumprem – salvam-se uns poucos, mas a maioria deixa um pouco a desejar… 

O que eu gosto de fazer é visitar os buques-museo (barcos-museu) – pode-se escolher entre a Corbeta Uruguay (que fica mais pros lados do Casino) e a Fragata Sarmiento (mais próxima aos últimos diques).  É um passeio super divertido, mas não é muito conhecido. As duas embarcações pertencem à Marinha Argentina e depois de desativadas foram reestruturadas para funcionar como museus. As visitas custam baratinho, coisa de 2 pesos, e pode-se andar pelo barco todo: convés, alojamentos, até na casa de máquinas se alguém se interessar! Isso sem falar na vista linda que se tem do Puerto Madero a partir dos barcos:

20-puerto-madero-040106.jpg

Feita a visita, dá tempo de tomar um sorvetinho no Freddo antes de prosseguir – já viram que eu sou viciada, né? Depois é só escolher por qual rua subir até a Avenida 9 de Julio: Córdoba, Viamonte, Tucumán, Lavalle, Corrientes? A verdade é que  qualquer uma delas serve. A minha sugestão – totalmente subjetiva! – é escolher a Corrientes, por duas razões…

A primeira é essa aqui:

Fito Paez pra mim é sinônimo das minhas andanças por Buenos Aires – se sigo pela Corrientes, na minha cabeça toca “El chico de la tapa ayer vendía flores en Corrientes…” Mas se sigo pela Córdoba, não tenho trilha sonora… (Obs: o que leva uma criatura a escrever um blog onde confessa essas sandices?!?) O outro motivo é mais sensato: subindo pela Corrientes, a visão do Obelisco da Av. 9 de Julio é bem mais impactante…

 023-avenida-nueve-de-julio-obelisco-220404.jpg Mancada: a minha foto não foi feita partir da Corrientes…

Além disso, já que vamos passar na porta, vale dar uma paradinha no Teatro El Nacional e comprar ingressos para o musical Tanguera, uma alternativa bem interessante aos shows de tango tradicionais. Tanguera não é um show de tango – é uma peça de teatro musical que conta a história do tango a partir de uma história de amor. O estilo é Broadway total, mas é muito bonito – e os ingressos custam em média 65 pesos em ótimos lugares. Ah, e ao lado do teatro há uma lojinha da Bonafide onde se pode parar pra tomar um espresso e comprar uns chocolatinhos… Convenci a todos?😉

Dobrando à direita na 9 de Julio, já estamos próximos ao Teatro. Aliás, sabem aquela informação que todo guia de city-tour adora dar a respeito de Buenos Aires, de que a Avenida 9 de Julio é a mais larga do mundo? Segundo um amigo dos meus pais, argentino, a informação não procede porque a 9 de Julio é composta por Carlos Pellegrini, 9 de Julio e Cerrito – são 3 ruas somadas, portanto. Só que ele não abre mão do título para Buenos Aires, não – apenas transfere a honra para a Avenida del Libertador… 8)

Um dos palácios mais imponentes de Buenos Aires é o Palacio de los Tribunales, já próximo à Plaza Lavalle:

014-palacio-de-los-tribunales-220404.jpg

Na Plaza Lavalle, uma construção muito curiosa sempre chamou a minha atenção – um edifício todo híbrido, meio novo, meio antigo:

edificio.jpg

Logo em seguida, avistamos o Teatro Colón:

018-teatro-colon-220404.jpg

Até 2008, o teatro estará fechado para trabalhos de restauração. A temporada artística não foi suspensa, apenas transferida para outros locais. Infelizmente, um dos programas mais legais, a visita guiada ao teatro, só voltará a ser possível (obviamente) quando o teatro for reaberto. Vale a pena agendar uma visita em uma outra ocasião, para visitar as oficinas, ouvir as histórias dos bastidores, ver os figurinos antigos, testar a acústica mais famosa da América Latina…

017-teatro-colon-220404.jpg

015-teatro-colon-220404.jpg

A visita custava 5 pesos – vamos ver depois da restauração! Vale a pena aproveitar a viagem para comprar ingressos para um concerto, ópera ou ballet!

5 Respostas to “Do Puerto Madero ao Teatro Colón”

  1. Adriana Says:

    Vou viajar com um grupo de amigos semana que vem. Encontrei o teu blog por acaso quando procurava informações de Buenos Aires.
    Um verdadeiro achado. Estou lendo aos poucos, mas pretendo ler tudo.
    x)
    As tuas dicas são maravilhosas!!

    beijão!!

  2. Carla Says:

    Seja bem vinda, Adriana! Até o fim dessa semana eu pretendo terminar de postar esses passeios em Buenos Aires, então acho que vai dar tempo pra você pegar todas as dicas antes de ir! Aproveite muito!🙂

  3. Katy Says:

    Assisti uma apresentação da Camerata de Bariloche no Teatro, no ano passado. Uma delícia! Realmente, a visita ao Colón vale a pena!

  4. Carla Says:

    Uau, Katy, que máximo! Eu sou totalmente apaixonada pelo Teatro Colón, acho mesmo imperdível!

  5. Carla Says:

    Queridos, este blog foi desativado e está fechado para comentários. Todos os posts e respectivos comentários foram transferidos para a nova casa do Idas & Vindas, em http://www.idasevindas.com.br . Aguardo lá a sua visita!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: