Nos arredores de Buenos Aires

A verdade é que eu sou uma pessoa bem pouco indicada para falar dos arredores de Buenos Aires… O passeio mais falado, indicado e cantado em prosa e verso é o tour ao Delta do Rio Tigre – um passeio que eu já fiz duas vezes e não gostei em nenhuma das duas… Da primeira vez, porque era inverno, e a forma mais eficaz de auto-congelamento disponível na Argentina é entrar em um catamarã e percorrer os riozinhos da região do Delta por mais de 2 horas em um mês de julho. Não recomendo a ninguém (ninguém mesmo!) seguir o meu exemplo… Na segunda vez, 10 anos depois, eu fui mais esperta, e resolvi fazer o passeio no verão – melhorou, e bastante, mas ainda não me convenceu…😉

Ninguém precisa contratar um tour para ir ao Delta. É facílimo pegar um trem na Estação Retiro (a passagem custa menos de 1 peso!) e ir até a Estação Maipu, de onde parte o Tren de la Costa, o trem turístico (esse sim, mais caro, cerca de 6 pesos) que faz a ligação entre a Capital Federal propriamente dita e a província de Buenos Aires.

 21-carla-estacao-maipu-050106.jpg

A viagem em si é uma parte bem interessante do passeio – é divertido ver as casas super elegantes dos bairros mais afastados, como Olivos e San Isidro. A estação de San Isidro, aliás, é uma boa aposta de pausa na viagem – vale a pena descer do trem para dar uma volta por ali, nem que seja apenas para tomar um café e seguir no próximo trem…

Chegando a Tigre propriamente dita, o passeio mais comum é tomar um catamarã para fazer o circuito dos riozinhos que se entrelaçam, e onde as pessoas têm um estilo totalmente peculiar de viver. Os rios aqui funcionam como ruas, as pessoas têm barcos ao invés de carros, e pequenos piers no lugar de garagens. A região é muito bonita, as casas em geral são bem elegantes – e acho que estou conseguindo até vender o passeio para mim mesma…😉

37-delta-do-tigre-050106.jpg

Mas eu realmente não acho que valha a pena perder um dia de estada em Buenos Aires para ir ao Tigre, ao menos não se você só dispõe de 4 ou 5… Talvez se você estiver indo à cidade pela 3a. ou 4a. vez, ou se for um fanático por rios, barcos e clubes de pesca…

41-carla-clube-de-remo-tigre-050106.jpg

Eu, que não me convenço de nada com muita facilidade, nem mesmo de que eu possa simplesmente não gostar de um lugar, pretendo voltar ao Delta e fazer um passeio do meu jeito. A primeira coisa que vou fazer é ignorar os passeios de barco. Ah, e vou ignorar o Parque de la Costa também, claro… Vou então caminhar pela cidadezinha de Tigre – seguindo alguns circuitos propostos no site da cidade ou apenas flanando mesmo… Vou visitar o Museo Naval, onde há aviões de guerra expostos no pátio, o edifício do antigo Hotel Tigre, o Puerto de Frutos, o Club de Remo – enfim, vou passear por ali como faço em Bs.As., e dessa vez, pretendo gostar…😉

Outras idéias para passar o dia fora do ritmo da Capital – mas que eu nunca botei em prática, ainda estou devendo – são passar um dia em San Isidro, visitar La Plata (capital da província de Buenos Aires), ou até mesmo fazer aquele bate-e-volta tradicional a Colonia del Sacramento, no Uruguai…

Aliás, (estava tentando abrir o site desde que comecei a escrever o post, finalmente consegui!) na Viagem e Turismo deste mês há uma reportagem bem bacana sobre San Isidro, um texto ótimo sobre visões opostas do Delta e 10 dicas de escapadas a partir de Buenos Aires. Vale conferir!

56 Respostas to “Nos arredores de Buenos Aires”

  1. Arthur Says:

    Será que, em todo o mundo, só eu gostei do Tigre???🙂

  2. Carla Says:

    Arthur, mais alguém no VnV gostou do Tigre, tenho a impressão que foi a Carolina… Aliás, você podia me vender o seu peixe, né? Da próxima vez eu quero gostar…😉

  3. Lena Says:

    Carla,
    eu também sempre insisto em querer gostar😉
    Até reformulo todos os planos para garantir que gostarei😆

  4. Lena Says:

    Carla,
    juro que já li um post seu sobre Colonia del Sacramento🙄
    Agora você diz que nunca colocou em prática???

  5. Chris Pessoa Says:

    Eu fui ao Tigre uma vez, mas não fiz passeio de barco porque estava com uma amiga grávida de 6 meses. Ela não ia aguentar.
    Aí a gente foi ao Puerto de Frutos e passamos um tempão comendo media-lunas e vendo artesanatos. Os homens ficaram meio entediados. Depois a gente andou um pouquinho pela cidade e encontrou um restaurante pra almoçar.
    Eu gostei bastante do passeio. Não teve nada de mais… talvez seja isso mesmo que vc tenha que fazer… flanar por lá.🙂
    []’s

  6. Ana Carolina Says:

    Eu também gostei do Tigre…
    Não tem nada demais, mas quando fiz eu estava viajando com meu pai que tem mania de fazer de cada viagem uma maratona incansável e sem pausas, então o passeio calminho deu uma folga tão gostosa…

  7. Margarida Says:

    Carla,
    Encontrei o seu blog por acaso e estou a gostar muito dos posts. Um dos meus desejos é viajar para conhecer a Argentina e as suas dicas são muito Boas! Vou voltar para ler mais tarde! Pf visita-me em http://www.margaridanobre.blogspot.com
    Bjs
    Margarida (Portugal)

  8. Mô Gribel Says:

    Carla,
    Eu fui 2 vezes.
    No verão, no dia 1o de janeiro, achei bobinho, mas legal.
    Aí fui no inverno, porque queria voltar a San Isidro. Meu, quase morri de tanto frio, mas achei as cores das árvores linnnnndas!
    Resumo: prefiro o inverno, só para tirar foto e com roupa para o pólo sul.

  9. Carolina Says:

    Fui eu!
    adoro o Tigre! sempre vou! mas nunca para passear de barco.
    acho um passeio gostoso de 1/2 periodo pra sair do circuito urbano de BsAs. Caminhar pelo mercadão, dar a volta no rio, almoçar vendo os barquinhos e as pessoas praticando remo… acho ótimo!

    beijos!

  10. Carla Says:

    Lena, eu fui a Colonia a partir de Montevidéu – nunca botei em prática o bate-e-volta a partir de Buenos Aires…😉

  11. Carla Says:

    Carolina, eu tinha quase certeza! Na próxima vez vou seguir os seus passos!

  12. Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens Says:

    Eu nunca fui, Carla, justo porque dois amigos foram e me disseram que esse passeio é a MAIOR ‘furada’ de Buenos Aires.

  13. Carla Says:

    Arnaldo, por enquanto eu concordo com os seus amigos, mas vou insistir ainda uma vez ao menos (sou teimosíssima…), seguindo as dicas da Carolina, pra ver no que dá… Se eu não gostar dessa vez, desisto pra sempre!!!

    Margarida, seja muito bem-vinda!

    Mô, pra agüentar o Tigre no inverno só mesmo com roupas apropriadas para o Pólo Sul – assim você vai treinando pra Antártida!😆

  14. Fran Says:

    Carla,

    Adoro seu blog e acho que infelizmente será impossível conhecer todas as suas dicas nesta minha primeira passagem por Buenos Aires, mas juro que tentarei.

    Peço sua ajuda. O que é o micro centro? O hotel que estou vendo fica na Calle Tucuman, esse Centro é o que vc aconselha ou não??🙂

    Beijos querida e obrigado!

  15. Carla Says:

    Fran, não se preocupe em conhecer tudo de uma vez, não… Já te adianto: não dá tempo, e até por isso a gente fica com vontade de voltar uma vez, duas, três…😉

    A Calle Tucumán costuma ser uma boa localização no centro, sim, mas depende da altura – se for pros lados da Florida e abaixo, na direção do Puerto Madero, acho ótimo. Sendo na direção da Ave. 9 de Julio já não é tão bom… Em qual hotel você vai ficar?

  16. Roberta Says:

    Simplesmente amei suas dicas!!! Nesse fuça fuça de blogs (que adoro!!) a Mô me trouxe até aqui!!
    Vou à Buenos Aires na primeira semana de outubro, com uma amiga, parceira perfeita de viagens!! Vamos ficar lá uns 4 dias, pq ainda pretendemos ir à Mendoza e Sacramento se der tempo.
    Depois de ler td que vc falou aqui vou distrinchar tudo, organizar td num check list e se tiver dúvida passarei aqui para sua consultoria!
    Maneirissimo seu blog!! Tô louca pro meu ficar cheio de fotos assim tb!😉
    Bjks e obrigada!!

  17. Carla Says:

    Roberta, depois que você voltar da sua viagem, vem me dar dicas de Mendoza, Ok? Tenho a maior vontade de conhecer, mas ainda não tive a oportunidade…

  18. Fatima Says:

    Carla, eu amo ir ao Tigre, inclusive eu vou com o trem que sai da Estação Retiro, ao lado da Plaza san Martin, e custa apenas 1,90 ate o Tigre. esta viagem, já me valeu muitas estórias o lado de trabalhadores. Uma das vezes, fiquei conversando com um professor universitário. É uma grande oportunidade para conhecer o povo, seus problemas, seus costumes. Ir ao Tigre num fim-de-semana ensolarado é maravilhoso. tem ótimos lugares para almoçar. Me encanta! Será que algume conhece o Blue Tree recoleta? tenho um ótimo preço para hospedagem lá, mas gostaria de saber sobre o hotel.

  19. Palova Says:

    Carla, tb fiz este passeio só que não cheguei até Tigre pq era hiper cedo (10 da manhã) e as coisas na Argentina abrem tarde… hehehe.. acabei voltando e passando o dia em San Isidro, que gostei, achei bacaninha…

  20. Cintia Levita Says:

    Oi Carla!
    Estou indo a Buenos Aires pela primeira vez com o marido e minha bebê de 1 ano e 1 mês. O marido já conhece. Sei que vou ter que priorizar algumas coisas.. Mas ce acha que dá pra encarar? Tem alguma dica imperdível?

  21. Carla Says:

    Cintia, minha experiência em viagens com bebês é zerinho, zerinho…😉 Mas o que posso te dizer é que Buenos Aires é uma cidade muito plana, então é fácil se locomover; os táxis são muito baratos, também. Além disso, há muitos parques e praças… Ou seja, alguns programas “de gente grande” vão ficar de fora, mas eu acho que vocês vão curtir bastante, sim!

    E sobre viajar com bebês, dá só uma olhadinha no blog do meu amigo Jorge Bernardes: http://giramundo.wordpress.com

  22. Márcia Says:

    Quanto à LaPlata, alguém tem informação? Vale a pena ir lá passar um dia? Como ir? De trem ou de ônibus ou até mesmo de carro?

  23. Regina Mendes Says:

    Oi, Carla! Adorei seu blog e ficar por dentro das dicas. Vou a Buenos Aires em julho e gostaria de ter a sua opinião sobre visitar a cidade em pleno inverno. Você acha que vale a pena visitar a cidade nessa estação ou é muito frio? Sei que você não curtiu Tigre no inverno, mas em Buenos Aires, como foi?

  24. Carla Says:

    Regina, eu mesma estarei em Buenos Aires em julho…😉 Olha, faz um frio danado, vá preparada! E quando eu digo preparada, quero dizer preparada para sensações térmicas perto de zero grau. Leve luvas, gorro, cachecol, um bom casaco. Ao Tigre eu não iria nem amarrada, mas acho perfeitamente possível curtir Buenos Aires no inverno, até porque a cidade oferece mil e um refúgios contra o frio – cafés, restaurantes, lojinhas…

  25. Flavio Says:

    Galera: Pra começar, nunca fiz um blog e nem sei por onde começar. Quem me da uma dica? É só entrar no worldpress, cadastrar e seguir em frente? Depois, sobre Tigre. Fui uma vez, em Março mais ou menos, e achei bacaninha. Estou indo de novo para Buenos Aires no final de junho e quero repetir. Só estou preocupado com o frio. Será que é tanto assim? Alguém comentou sobre a cor das arvores nesta epoca. Alguém tem algo sobre isso? Valeu!!! Quero ir para Colonia também. Se conseguir criar o blog, envio fotos. A carla realmente me incentivou.

  26. Alexandre Says:

    Flávio, criar um blog no WordPress é muito simples. Faça o cadastro e siga todos os passos, não tem erro!

    Em relação a Buenos Aires, estou de férias na cidade. Realmente está um pouco frio (máxima de 17 e mínima de 4 graus), mas não é nada que atrapalhe a viagem. Para ser sincero, até me acostumei com a temperatura e nem estou sentindo tanto frio assim.

    Estou blogando “ao vivo” de Buenos Aires. Se quiser acompanhar, o endereço do meu blog é: http://oquesefaz.worpress.com

    Um abraço!

    Alexandre

  27. Carla Says:

    Flavio, não tem erro mesmo. Vá em frente!!!😉

    Sobre o Tigre, eu quase congelei lá em julho… Imagino que junho não seja muito diferente, então vá preparado: casaco que proteja do vento, gorro, cachecol, luvas, o arsenal completo…

    Alexandre, eu estou amando os seus relatos de Bs.As. Estou indo de novo em julho, e já estou começando a pensar na viagem… Só não estou comentando direito porque estou tendo que salvar tudo pra ler offline em casa, onde estou sem Internet…😦

  28. Alexandre Says:

    Oi Carla! Que bom que você está gostando de “viajar” conosco!! Blogar ao vivo dá um trabalho danado, mas é recompensador quando recebemos elogios. Há também outras vantagens como não esquecermos de nenhum detalhe do aconteceu no dia e a família e amigos poderem acompanhar a viagem.

    E por falar em frio, hoje choveu aqui e fez um frio danado! Chegou a 1 grau pela manhã e à noite está com 7 graus. A chuva atrapalhou um pouco o roteiro, mas aproveitamos para arrumar as malas e o apartamento para aproveitarmos os últimos dias 100%!

    Um abraço!

  29. Priscilla Says:

    Viva os blogueiros…se não fosse vcs, eu não saberia de nadinha de Buenos Aires…rs…vou em agosto e o meu receio era justamente o frio.:) De não poder aproveitar a cidade….mas com as super dicas, estou animada.

  30. Jose Figueiredo Says:

    Carla
    Não sei em que cidade vc mora para poder fazer uma comparação entre o seu passeio pelo Tigre e algo em sua cidade. Sou carioca e confesso que no Rio de Janeiro as opções de passeios turísticos não são muitas. Cristo Redentor, Pão de Açucar, Maracanã, Sambódromo, praias. Rezar para não ser assaltado. Já estive em Buenos Aires várias vezes e me encanto com o passeio ao Tigre (adoro o frio), pois temos a oportunidade de se fazer uma lauta refeição acompanhada de um bom vinho. Todas as informações turísticas são dadas em detalhes (igual no Rio, rsss..rsss).
    Na próxima vez, faça um tour pela comunidade e irá descobrir muita coisa.
    Um abraço

  31. Carla Says:

    Eu sou carioca também, José, mas moro em Niterói. Também amo o frio, mas o meu problema com o Tigre não foi o frio, não – eu não curti a idéia de ficar horas naquele barco tomando vento e passando frio… Estou voltando a Bs.As. na próxima semana e pretendo ir novamente ao Tigre e passear pela cidade, ir ao Puerto de Frutos, ao Museo Naval, almoçar em um bom restaurante e ignorar solenemente os passeios de barco. Vamos ver se dessa vez eu gosto!😉

  32. andré Says:

    Oi carla desculpa te incomodar, vc sabe mais ou menos quanto está a cotação do real no nacíon e meridien? E quantos pesos custam as camisas da nike, puma e lacoste? abraços andré.

  33. Carla Says:

    André, eu só vi a cotação do Real no Banco Nación ($1,69) e na casa de câmbio Metrópolis ($1,51). Em relação aos preços das camisas, receio não poder te ajudar…

  34. Mariana Machado Says:

    Oi Carla,

    Acho que vc nem sabe, mas enquanto planejava minha viagem a BsAs li todos os seus relatos sobre a cidade. Bom, acabei de voltar e a viagem foi ótima e as dicas que achei no seu site me ajudaram bastante… Inspirada pela grande ajuda que obtive nos blogs, resolvi escrever o meu relato da viagem também. Criei o Embarque portão 5 (http://portao5.blogspot.com/). Coloquei um link pro seu blog (espero que nao tenha problema)… Depois dá uma olhadinha lá… tá só no começo, mas pretendo postar outras viagens também.

    Beijos,
    MAri.

    Ah! E obrigada pelas dicas de BUE

  35. Carla Says:

    Puxa, Mari, que legal!!!😀 Estou indo lá te fazer uma visitinha agora mesmo!

  36. Sybila Says:

    Oi Carla!!!! Acabei de ler que vc mora na mesma cidade que eu!!!!! Como havia falado reservei um apartamento na Av. Quintana….vou esperar a confirmação…estava vendo um site sobre hotéis e fiquei observando os endereços para poder comparar.
    Reparei também que as pessoas em geral preferem ficar perto da Florida…pq??? Vi um apartamento Esmeralda com Santa Fé que parece ser uma rua boa…é muito ruim??? Como vc disse a Recoleta é mais bonita…mas será que não vale a pena ficar em algum lugar mais perto de tudo como turista ( não estou falando na muvuca, estou falando em algum ponto mais perto dos pontos…) Sou leiga estou perguntando…pq tb pode ser tudo perto e nem sei!!!!
    Beijinhos

  37. Carla Says:

    Sério, Sybila, somos vizinhas?!?😉

    As pessoas costumam se hospedar no centro porque a oferta de pacotes turísticos com hotéis nessa região é maior – e as diárias dos hotéis são bem mais em conta do que na Recoleta. O centro realmente dá fácil acesso a todos os pontos turísticos, mas está bem decadente, não é agradável para sair à noite, por exemplo.

    Se você resolver se hospedar no centro, a melhor região é perto da Plaza San Martin, no começo da Florida. É a região que parece um pouco mais residencial. Fora essa parte, eu não recomendo, não. Já me hospedei na Esmeralda uma vez e achava o fim da picada ter ônibus fumacentos e latões de lixo na porta do meu hotel supostamente 4 estrelas…

    Agora, a esquina Esmeralda com Santa Fe está praticamente na Plaza San Martin, não deve ser um ponto ruim, não… Tem estação de metrô perto, e fica bem à mão para os pontos turísticos… Como eu te disse, a Recoleta é mais bonita e agradável, e está mais próxima de Palermo (onde estão os melhores restaurantes da cidade), mas acho que vale pesar essa opção, sim.

  38. CarlaZ Says:

    Oi Carla,
    acabei de ler a sua viagem todinha (Essa de Buenos Aires + Uruguai)…nossa adorei! Você detalhou tudo e me deixou com tanta vontade de ir…
    Vou para a Argentina e estou pensando até em incluir alguma coisa de Uruguai nem que seja só Colônia de Sacramento.
    Quando estiver mais perto entro aqui para te perturbar com as dicas…aliás que paciência hein…vi nos comentários que você responde tudo!!! Tem gente que até te manda reserva achando que você é o hotel!!!
    Parabéns pelo blog…super completo.
    Já já começo a ler as outras viagens.
    Beijos,
    Carla

  39. Carla Says:

    Carlinha, dá super certo fazer um bate-e-volta a Colonia a partir de Buenos Aires, porque o barco rápido leva menos de 1 hora na travessia do Rio da Prata – e Colonia é pequenininha, dá pra passear bastante em 1 dia! Pode “perturbar” o quanto quiser, Ok? Vou ter o maior prazer em ajudar!😀

  40. CarlaZ Says:

    Obrigada Carla!!!
    Ontem falei pro meu namorado “vamos alugar um apartamento em Buenos Aires”…nossa ele achou o máximo…falou que nunca tinha pensado nisso…que eu idéias muitos boas…deixa ela pensar isso mesmo…
    Ahh eu adoro fazer esse planejamento de viagem!!!
    Beijo

  41. Carla Says:

    Carla, você já viu o mini banco de dados de apês em Bs.As. que estou montando no post mais recente? Tem cada apartamento lindinho – e todos recomendados por quem já se hospedou neles…😉 O link é esse aqui: https://idasevindas.wordpress.com/2008/08/07/meu-primeiro-endereco-portenho/

  42. CarlaZ Says:

    Ainda não vi não, Carla. Estou lendo o “livro” e ainda estou no Peru hehehe
    Mas chego lá!
    Beijos

  43. Carla Says:

    Hahaha… Então logo, logo você chega lá, Carlinha!😆 Ainda não terminei de escrever sobre o Peru (falta Lima), mas tive que fazer um intervalo pra falar de Buenos Aires novamente!

  44. Daiane Says:

    Buenos Aires é sempre linda…seja inverno ou verão…seja na capital ou na província!!!Estive por duas vezes na capital portenha e não tem um canto que não conheça….Tigre realmente é lindo , tranquilo e um lugar que vale a pena ir!!!!

  45. Claudio Gabriel Pagliaro Says:

    Gostei muito do blog, conheci hoje. Faz 3 anos que no visito Buenos Aires e ler o blog mato a saudades que tenho. Uma dica que talvez aproveites em outro post, quando visites a cidade de La Plata, no esquece de ir a o Museo de Ciencias Naturales , faz anos que eu no vou, desconheço o estado de conservação mais o acervo e digno de qualquer museu de primer mundo!! Outra dica interessante, e alugar um carro e percorrer San Isidro, vão pela Av. Libertador e vá entrando nas ruas, que levam ate as barrancas, pesquisa e veras palacetes de começo do século passado, exemplo “Saint Souci” copia do palácio Frances do mesmo nome, quase tudo se troce da Franca para sua construção, toma sorvete em Via Flaminia e submarino na confeitaria El Aguila si existe ainda, na beira do Rio de la Plata. Sigo-te acompanhando em teu blog. Abraços. Esquecia no deixar de visitar a feria de artesanato na Praça de San Isidro (os Domingos).

  46. Carla Says:

    Claudio, muito obrigada pelo roteirinho!!! Na próxima vez que for a Buenos Aires vou com certeza seguir as suas sugestões!😉

  47. Fernando Says:

    Oi, Carla, tudo bem?!
    Vou com minha família para Buenos Aires no Réveillon e queremos fazer o passeio de trem e de barco. Vc acha realmente q é melhor comprarmos o passeio por conta, isto é, indo até a estação e adquirindo os bilhetes por lá?! No caso, do passeio de barco, como faríamos, há uma opção conjugada? Outra dúvida é se, nas paradas, é possível comer alguma coisa. Nossa guia disse que o lanche que servem no trem é bem fraquinho…
    Se vc puder me enviar um e-mail tirando essas dúvidas, agradeceria mto.
    Obrigado, bjo, Fernando.

  48. Carla Says:

    Eu acho, sim, Fernando, mas eu detesto fazer absolutamente qualquer passeio turístico com grupo. Se você não for assim como eu, talvez ache mais cômodo contratar o tour – é realmente uma questão de gosto.

    Ao longo da rota do Tren de la Costa, a parada mais charmosa é a da Estação San Isidro, onde há várias lojinhas e cafés.

    Lá no Tigre há várias agências que vendem os bilhetes para os passeios de barco. Você só precisa escolher a rota que quer fazer e a duração do passeio.

  49. Fernando Says:

    Carla, suas dicas estão sendo extremamente valiosas. Vou seguir seu conselho e fazer o passeio por conta própria. Por favor, só confirme se o meu roteiro está correto: estou hospedado na Av. 9 de julho. De lá, pego um táxi até a Estação Retiro, de lá vou para a Estação Maipu, onde pego o Trem da Costa, que me levará até Tigre. Estando em Tigre, opto por um dos roteiros de passeio de barco. Na volta, faço o caminho inverso. É isso?!
    Muitíssimo obrigado, Carla. Bjo.

  50. Carla Says:

    É isso mesmo, Fernando! Se você quiser, também pode ir da 9 de Julio até a Estação Retiro de metrô. Dependendo de como estiver o trânsito, pode ser uma boa idéia…

  51. Laura Says:

    estava procurando algumas fotos de Tigre, tenho algumas lá mas queria ver se econtrava alguma diferente! e encontrei esse blog.. bom, é verdade que não se tem muito a fazer, mas gostei, a paisagem é bonita e nao tenho do que reclamar da comida dos restaurantes tb! estava bem frio por isso nao dei uma voltinha de barco. a ultima vez que fui a bs astem uns 4 meses e volto pra la mes que vem, com certeza vou a tigre novamente =) *ah uma dica que dou p quem for comprar peso é nao comprar em la boca, nem no aeroporto, no banco piano foi onde achei melhor o preço! parece pouco mas no final a diferença é muito grande!*
    beijos a todos🙂

  52. Fernando Says:

    Carla, mto obrigado pelas dicas. Minha viagem é em 15 dias. No retorno, te conto se deu certo…
    Aliás, segui suas dicas tb em relação ao show de tango. Deixei o Señor Tango pra lá e fiz reservas no Piazzolla.
    Valeu! Bjos.

  53. Carla Says:

    Fernando, sobre shows de tango, dá uma olhadinha também na casa nova do blog, pode ser que você se interesse também pelo Bar Sur: http://blogs.abril.com.br/idasevindas/2008/09/bailando-no-bar-sur.html

  54. Fernando Says:

    Oi, Carla, tudo bem?
    Que furada esse passeio do Tigre, hein?! Achei o passeio de barco uma bobagem e o tren de la costa mais besta ainda. É isso que as agências de turismo vendem como “o passeio mais tradicional de Bs. As.”? Fala sério… rsrs
    Ainda bem que, no geral, gostei mto da cidade. Segui boa parte de seus roteiros de andanças e me dei bem… Quem mandou eu ser teimoso e insistir em ir ao Tigre!? Bem-feito… hheheh
    Valeu pelas dicas e parabéns pelo blog.
    Abraços.

  55. Carla Says:

    É o que eu sempre digo, Fernando… Não vejo a menor graça nesse passeio! Um dia ainda quero voltar, como disse acima, pra curtir umas caminhadas pela cidades, um almoço gostoso, uma volta pelo Puerto de Frutos – mas passeio de barco no Tigre, nunca mais!!!

  56. Carla Says:

    Queridos, este blog foi desativado e está fechado para comentários. Todos os posts e respectivos comentários foram transferidos para a nova casa do Idas & Vindas, em http://www.idasevindas.com.br . Aguardo lá a sua visita!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: